Rebranding

3 sinais que provam que a sua empresa precisa de um rebrand

Um rebrand faz parte de um ciclo natural de todas as marcas fortes. O rebranding tem o poder de reinventar, rejuvenescer e dar um novo significado à sua marca! 

Sente que passa a ideia errada, tem concorrência com nome ou logótipo similar? Acha que não passa diretamente o produto ou serviço que a sua empresa vende Se sim, precisa urgentemente de um rebranding.

Mas como é que vai saber quando fazer rebranding do seu negócio?

O que é rebranding?

Rebranding é o conjunto de processos utilizados para ressignificar a imagem de uma marca. Ou seja, o objetivo é mudar a percepção do público sobre a marca com um planeamento estratégico.

Isto pode envolver uma mudança de nome, cores, slogans, novo design de logotipo, mudança de visão e outros. Algumas pessoas pensam em rebranding como um redesenho, mas o último termo se concentra apenas no design visual de uma marca. Enquanto isso, o rebranding é sobre a comunicação de uma empresa com seu público.

Atualmente, muitas marcas estão utilizando esse processo porque buscam humanizar suas mensagens para refletir os valores sociais de seu público. Esses valores estão diretamente relacionados à mudança no comportamento do consumidor ao longo dos anos, fazendo também com que o posicionamento da marca mude.

Porquê fazer Rebrand?

Fonte da imagem

Porquê investir em fazer rebrand em primeiro lugar? As razões para rebrand são inúmeras. Em primeiro lugar, uma marca forte aumenta a probabilidade de seus clientes escolherem seu produto ou serviço em detrimento da concorrência.

Marcas fortes atraem mais clientes, a um custo menor por aquisição, que estão dispostos a pagar mais e comprarão com mais frequência.

A base da verdadeira fidelidade do cliente, marcas fortes geram mais receita, de forma mais eficiente e confiável, gerando mais valor para o acionista no processo.

Uma marca forte não apenas constrói o valor da marca , mas também ajuda a atrair e reter o próximo ativo mais valioso da sua empresa: seus funcionários.

Mas, infelizmente, mesmo as marcas mais fortes têm prazo de validade. Devido às vadiagens do mercado, às mudanças de prioridades dos clientes e a um milhão de outras forças mundanas além do controle de qualquer empresa, uma marca só é nova e relevante por cinco a dez anos.

É por isso que o rebranding é tão importante para o sucesso de qualquer negócio.

Quando você entende as muitas razões para fazer o rebrand, a pergunta não se torna “por que fazer o rebrand?” mas “por que não fiz isso antes?”

Lembre-se, não é uma questão de saber se sua empresa precisará mudar a marca, é uma questão de quando.

O nome da sua marca já não reflete a visão da sua marca

Fonte da imagem

Um dos sinais mais óbvios de quando fazer um rebrand é um nome de marca abaixo do ideal. Acontece. O que parecia um grande nome há 15 anos, agora não representa mais o que é sua marca.

Às vezes, mudanças no contexto cultural podem alterar o significado de um nome. Às vezes, o nome simplesmente não parece apropriado para o próximo passo da marca. Se Larry Page e Sergey Brin não tivessem a previsão de mudar o nome original do Google, todos nós teríamos o BackRub como a página inicial padrão do nosso navegador.

O seu modelo ou estratégia de negócios mudou

Outro sinal de quando mudar a marca do seu negócio é quando seu modelo de negócios ou estratégia muda.

Como vimos recentemente, nem sempre é possível prever as forças externas que irão obrigar mudanças em seus negócios. Mas quando seu modelo de negócios ou estratégia muda, sua marca também deve mudar. A forma como sua empresa é percebida por aqueles a quem atende deve sempre estar alinhada com a forma como ela opera nos bastidores.

Ao mudar sua marca para se adaptar a uma mudança fundamental em seu negócio, você deve começar pela base: a bússola da sua marca . Qualquer rebrand abrangente começa com a solidificação do propósito, visão, missão e valores da sua empresa.

Por que sua empresa existe? Para onde está indo? Como chegará lá? Quais valores definem a cultura da sua empresa?

Precisa de desassociar sua marca de percepções negativas

Outro sinal de quando fazer o rebrand é que você precisa dissociar sua marca de uma imagem negativa.

Hoje em dia, não é preciso muito para que uma palavra ou conceito assuma conotações devastadoramente negativas. Graças às mídias sociais, erros políticos e gafes nos negócios podem se espalhar rapidamente, transformando uma marca antes inócua em uma verdadeira batata quente.

O rebranding costuma ser o remédio mais simples e eficaz nessas situações, começando com uma auditoria interna da marca para avaliar onde e com que profundidade as associações são executadas.

Então, decidiu fazer Rebrand. E agora?

Contacte-nos, tratamos de todo o processo criativo desde conceito, processo de naming, desenvolvimento do logotipo com jogo de cores pensado ao pormenor, cartões de visita, flyers, assinaturas, etc..

Na Webnote criamos a sua imagem de marca desde o inicio ao fim. Apresentamos-lhe a Instala.

 

Todas as grandes empresas têm uma história para contar, vamos escrever a sua?